Home
DGC
    Ministério da Economia
    DGC

    Prémio de Segurança dos Produtos da UE - empresas que mais se esforçam na proteção dos consumidores

    Proteção consumidores

    Estão novamente abertas as candidaturas para o Prémio de Segurança de Produtos, cuja primeira edição data de 2019.  Este prémio destina-se a dar reconhecimento e visibilidade às empresas que privilegiam a segurança dos consumidores, e simultaneamente aumentar a sensibilização dos consumidores para a segurança dos produtos e incentivar escolhas de compras mais informadas.
     
    Quem pode concorrer:
     
    •Empresas, grandes e pequenas, que estejam sediadas num dos 30 países do Espaço Económico Europeu (os 27 Estados-Membros da UE e a Islândia, o Listenstaine e a Noruega) ou que tenham uma subsidiária sediada no EEE.
     
    •Qualquer iniciativa apresentada deverá ter ocorrido em pelo menos um país do Espaço Económico Europeu e ter sido iniciada pelo menos três meses antes do fim do prazo para a apresentação de candidaturas.
     
    •As iniciativas apresentadas devem não só cumprir a legislação e normas pertinentes da União Europeia, como também superá-las.
     
     
    Categorias de 2021
     
    •Este ano, o Prémio de Segurança dos Produtos da UE centra-se em duas categorias: proteger a segurança dos grupos vulneráveis de consumidores e combinar segurança e novas tecnologias:
     

    - «proteger a segurança dos grupos vulneráveis» centra-se nos esforços para proteger os grupos de consumidores que são vulneráveis, por exemplo as crianças e os idosos, os cidadãos com deficiências ou distúrbios físicos ou mentais, ou outras características pessoais ou socioeconómicas. Podem apresentar-se candidaturas que incluam produtos especificamente destinados a ser utilizados por um grupo vulnerável ou que possam ser utilizados em segurança por toda a população e que, para além disso, façam face a riscos específicos, limitações e comportamentos previsíveis dos grupos vulneráveis de consumidores, bem como para iniciativas de sensibilização.

    - «combinar segurança e novas tecnologias» centra-se na utilização das novas tecnologias para melhorar a segurança dos consumidores. As soluções podem incluir, por exemplo, produtos de consumo ligados à Internet e baseados em IA, ou processos e mecanismos que incorporem novas tecnologias que garantam uma maior segurança dos consumidores.

    As candidaturas estão abertas até 30 de abril de 2021.
    Saiba mais sobre as categorias, a elegibilidade e o procedimento de candidatura aqui

    • Livro de Reclamações
    • Atendimento ao Consumidor
    • Publicidade
    • Fundo do Consumidor
    • Centro Europeu do Consumidor
    • Inquérito Satisfação
    • Compete 2020 - Portugal 2020
    • Não paramos. Estamos ON.
    • COVID-19
    66