Home
Direção-Geral do Consumidor
    Ministério da Economia e Mar
    DGC

    Comissão Europeia analisa publicidade de influenciadores nas redes sociais

    Comissão Europeia analisa publicidade de influenciadores nas redes sociais

    A Comissão Europeia e as autoridades nacionais de defesa do consumidor divulgaram os resultados de uma ação de fiscalização (sweep) de publicações de influenciadores nas redes sociais, que teve como objetivo verificar se a publicidade promovida pelos influenciadores está a ser devidamente comunicada.

    Nesta fiscalização foram analisadas publicações de 576 influenciadores, publicadas nas principais plataformas de redes sociais. Os resultados revelam que 97% (558) desses influenciadores publicaram conteúdo comercial, mas apenas 20% (112) indicou que se tratava de conteúdo publicitário. 38% (216) dos influenciadores não utilizavam os rótulos da plataforma que servem para divulgação de conteúdo comercial, como é o caso do botão «parceria paga» no Instagram. Pelo contrário, verificou-se que os influenciadores optaram por formulações diferentes, como «colaboração» (16%, 95 influenciadores), «parceria» (15%, 90 influenciadores) ou agradecimentos genéricos à marca parceira (11%, 63 influenciadores).

    Como resultado desta fiscalização, 358 influenciadores foram designados para investigação adicional. As autoridades nacionais irão agora contactá-los para solicitar que sigam as regras em vigor. Se necessário, poderão ser tomadas novas medidas, de acordo com os procedimentos nacionais.

    Participaram nesta ação de fiscalização os seguintes Estados-Membros da UE: Áustria, Bélgica, Chipre, República Checa, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha e Suécia, bem como Islândia e Noruega.

    • Para mais informações, consulte o comunicado de imprensa da Comissão Europeia.
    • Para conhecer os números da ação de fiscalização da publicidade de influenciadores, consulte a nota de imprensa da DGC.

    • Livro de Reclamações
    • Atendimento ao Consumidor
    • Plataforma de Cessação de Contratos - Comunicações Eletrónicas
    • RAL - Centros de arbitragem
    • Publicidade
    • Segurança de Produtos
    • Fundo do Consumidor
    • Centro Europeu do Consumidor
    • Inquérito Satisfação
    • Compete 2020 - Portugal 2020
    66