Home
DGC
    Ministério da Economia
    DGC

    Sites de reservas de viagens online investigados - A Direção-Geral do Consumidor detetou infrações à legislação em 5 sites.

    Em 2016, foram investigados 352 websites de comparação de preços e de reserva de viagens, numa ação coordenada da Comissão Europeia e das autoridades de proteção dos consumidores da União Europeia, tendo sido apurada a existência de irregularidades em 235 sítios web no tocante ao preço, à sua forma de cálculo e à sua exposição.

    A título de exemplo, verificou-se que eram acrescentados elementos de preços adicionais numa fase tardia do processo de reserva, não informando o consumidor de forma clara ou os preços de promoção não correspondiam a qualquer serviço disponível.

    As autoridades solicitaram que os sites em causa adequassem as suas práticas em conformidade com a legislação comunitária de defesa do consumidor, exigindo transparência no tocante aos preços e que sejam exibidas, na fase inicial do processo de reserva, as suas ofertas de forma clara.

    A Rede de Cooperação no domínio da Defesa do Consumidor encetará diligências, junto desses 235 sítios, com vista à correção das irregularidades verificadas sendo que, em caso de incumprimento, as autoridades nacionais prosseguem com processos administrativos ou judiciais.

    Portugal através da Direção-Geral do Consumidor, participa neste exercício tendo detetado infrações à legislação em 5 sites.

    Para mais informações:

       Fiscalização de sítios Web à escala da UE (SWEEPS) 
       Cooperação no Domínio da Defesa do Consumidor
       Ficha de Informação
       P&R

    A Direção-Geral do Consumidor

    • Livro de Reclamações
    • Atendimento ao Consumidor
    • Publicidade
    • Fundo do Consumidor
    • Centro Europeu do Consumidor
    • Inquérito Satisfação
    66